quinta-feira, dezembro 28, 2006 6 Sensações de Mar

Confissão de Final de Ano


Apetece-me actualizar o blog, escrevendo uma confissão de final de ano sem nexo, mas no fundo, verdadeiramente sentida.
A loucura apoderou-se de mim e perturba-me com pensamentos vindos do nada. É este estado que me conduz a uma inutilidade doentia.
Dizem-me que sou um génio… sou criativo, perspicaz e enérgico.
Estes elogios transformam-me num egocêntrico, que chega a roçar os limites da estupidez e da incompreensão.
Aprendi a viver um dia de cada vez… sem pressas e desejos inúteis! Aprecio o mais simples, o mais natural, o mais verdadeiro.
Orgulho-me do que vivi, embora hoje alguns caminhos tivessem sido palmilhados de forma diferente. Não porque foram errados, mas porque há outras formas de chegar lá…
Passou mais um ano… foi tudo tão rápido… e tanta coisa ainda ficou por fazer…
Aguardo 2007 com a certeza de que a minha felicidade está a ser edificada em alicerces fortes e inabaláveis…
O AMOR, que no Ser Humano é sempre imortal, enche-me de esperança e felicidade absoluta!

FELIZ 2007 para todos!!


sexta-feira, dezembro 22, 2006 5 Sensações de Mar

Feliz Natal

Para todos aqueles, que como eu, ainda acreditam no espírito desta época, desejo um excelente Natal, com muita Paz, Saúde e Amor!
segunda-feira, dezembro 11, 2006 1 Sensações de Mar

Tristeza

Hoje sinto-me triste...
muito mais triste que
a negra tristeza!

Não quero que o dia amanheça...

Vou ficar assim...
enxugando as lágrimas
no pranto da noite.


 
;